Imagem Destaque

E Commerce ganha ainda mais destaque no varejo

30/09/2020

Nesta semana, a temática do Webinário realizado pela plataforma Setor Moveleiro foi sobre o ECommerce como elemento decisivo de compra no varejo. O evento online reuniu André Menin, sócio diretor do Studio Menin, Bruno Benini, diretor da elare.com.br e Victor Guidini, sócio diretor da Cimol.

Para Vitor Guidini, por mais que as questões de consumo e em geral vêm se digitalizando na velocidade da luz, o setor moveleiro ainda tem um trabalho longo de melhoria do sensorial como postagens de melhores fotos, vídeos e outras ferramentas para trazer ainda mais confiança ao consumidor final que querer comprar uma sala de jantar ou um conjunto de estofado pelo meio virtual. “É por isso que acredito que os dois canais, físico e ecomerce, vão andar muito próximos por anos ainda, meio a meio, 50% para cada”, afirmou.

Já para Bruno Benini o e-commerce já vinha se posicionando muito forte no segmento moveleiro. “Vejo que com o início da pandemia a presença online ficou mais forte ainda, na tentiva de se aproximar do consumidor, levando a melhor experiência de compra possível, além de ofertar produtos para todos os gostos e bolsos. É importante ressaltar que o segmento casa e decoração vem crescendo ano pós ano”, ressaltou.

Andre Menin também afirma que, inevitavelmente, a pandemia mudou o modo de pensar dos consumidores. “Hoje, ser online não é mais uma simples opção. Para as empresas e varejos de móveis ser omnichannel é obrigação e questão de sobrevivência, além de abrir as portas para novas e grandes oportunidades para quem está preparado”.

Para isso, segundo ele, o e-commerce nacional deixou de ser apenas um canal de vendas para se tornar na principal fonte de coleta de informação dos hábitos e preferências dos consumidores finais. “Coletar dados, entendendo o comportamento das pessoas, passou a ser fator chave para desenvolver melhores produtos (design), produzi-los com mais inteligência e menores custos e transportá-los com maior facilidade, aumentando os números de vendas”, pontuou.

No caso onde o cliente precisa se envolver com o processo de recebimento e montagem, é fundamental que o design do produto e o design do serviço prevejam as situações para que sejam estimulantes, criando verdadeiras experiências positivas. “Daqui para frente, a user experience deve ser o ponto central das tomadas de decisão dos consumidores, aliando-se ao custo-benefício, sempre muito relevante em qualquer processo de compra e venda”, salientou.

A relação de consumo no ecommerce, de acordo com Menin, é completamente diferente da que permeia os canais off-line. “O online permite focar esforços para compreender os consumidores finais, entender o que pode ser melhorado e, por fim, mudar rapidamente os seus processos e os seus produtos, tudo para que o fabricante de móveis ou o varejista online envolvido seja cada vez mais relevante aos olhos dos seus clientes”, sublinhou.

 

Para assistir na íntegra basta acessar https://youtu.be/XR8vFxeZ6VY

voltar